• SHARE

Por Marketing

Mulher no Volante

Mecânica para mulheres: 5 dicas definitivamente esclarecedoras4 min read

Tempo Icone
Tempo de leitura - 04:04

Você sabia que em cinco anos, a presença feminina ao volante cresceu 27%, contra 11% dos homens? Os dados foram apontados em uma pesquisa realizada pelo Denatran. Foi esse contexto que nos motivou a preparar esse conteúdo com as principais dicas esclarecedoras de mecânica para mulheres.

Quais são as principais causas de idas frequentes ao mecânico? Quais características devem ser conhecidas para que se saiba o que fazer e qual a sua causa?

Ficar atenta a barulhos estranhos, saber evitar o superaquecimento do motor, economizar combustível ou até mesmo ter condições de cuidar dos freios e bateria são tarefas cada vez mais comuns e até mesmo necessárias para elas. Vamos às dicas?

 

mecânica para mulheres

 

1 – O que significa barulho nos freios?

A primeira dica de mecânica para mulheres que temos é sobre os freios. Se o carro estiver emitindo um som toda vez que você pisa no freio, é preciso compreender a razão desse problema.

Se o barulho for metálico, pode ser mais grave. Esse som indica que a pastilha do freio está gasta e, ao frear, os metais se encostam e causam o barulho de ferro com ferro.

Como os metais não tem aderência entre si, o sistema de freios pode se tornar ineficiente. É melhor evitar um contratempo, ou até mesmo um acidente, e verificar a situação com um mecânico que talvez identifique a necessidade de trocar o disco de freio.

No entanto, se o barulho que você escuta parece um assobio, o problema deve ser na pastilha de freio. Muitas vezes, o reparo para essa situação é apenas lixar o componente para que o ruído não cause incômodo.

Uma dica de mecânica para mulheres para ajudar nos cuidados com os freios do carro é não trocar marchas nas subidas ou descidas dos morros.

2 – Quando é preciso calibrar os pneus do carro?

O ideal é que eles sejam calibrados a cada duas semanas. A pressão ideal está indicada no manual do veículo. Calibrar, frequentemente, os pneus é sinônimo, inclusive, de economia, pois rodar com pneus murchos pode danificá-los e forçar uma troca.

Outra dica importante ao pensar nos pneus, é ter cuidado de fazer o rodízio a cada dez mil quilômetros rodados. Se não for trocar os quatro de uma vez só, faça a substituição de pneus carecas sempre aos pares, os da frente ou os de trás.

Se você quiser, aqui encontra outras dicas de calibragem para rodar com segurança e economia.

3 – Como fazer a bateria durar mais?

Uma simples atitude pode garantir vida muito mais longa à bateria. Ao dar a partida no carro, evite estar com o som, ar condicionado ou os faróis ligados. Isso porque o motor de arranque exige muita energia.

Então, nossa terceira dica de mecânica para mulheres é: quando for ligar o motor, desligue todos os outros componentes possíveis para minimizar o esforço ao dar a partida. Assim, poupará a bateria do seu veículo e aumentará sua vida útil.

Outra dica que pode ser muito útil é ter sempre em mãos um telefone de assistência técnica 24h. Se o carro não ligar, você pode solicitar ajuda para conseguir dirigir com segurança até poder fazer a troca da bateria.

4 – Como saber quando está na hora de trocar o óleo?

Quando o frentista perguntar se você quer verificar o óleo do motor, é bom saber se já está na hora ou não. A primeira dica é ficar atenta ao prazo de troca e segui-lo à risca. Até por que, fazer a troca no tempo estipulado evita que você rode com o líquido velho e, prejudicando o funcionamento do veículo.

É muito importante sempre checar o nível e a viscosidade do óleo pela vareta, porque se a marcação estiver abaixo da metade ou até mesmo pelo meio, pode indicar vazamento.

Importante: é melhor medir o nível e a validade do óleo com o carro frio.

5 – Como saber se o motor está superaquecido?

Bem simples! Basta observar o painel do veículo. O superaquecimento do motor é indicado por uma luz que, geralmente, alerta para o fato de a temperatura ter ultrapassado a média indicada de 90 graus. Por isso, se o ponteiro começar a subir, é hora de procurar um lugar seguro e estacionar.

Esse problema é bastante sério e pode acontecer por falha no sistema de resfriamento. Uma dica é observar se existe líquido no sistema do reservatório do radiador. Se a troca foi feita há pouco tempo, pode haver vazamento. E se o líquido está na marcação correta, mas há superaquecimento, pode ser indicativo de problema na válvula termostática.

Nunca rode com o motor superaquecido porque a temperatura elevada prejudica diversos componentes do veículo e pode fundir o motor. Neste caso, a cada quilômetro rodado, a conta no mecânico também vai aumentar.

Quem disse que motores e válvulas não podem ser facilmente compreendido pelas motoristas? Gostou das nossas dicas de mecânica para mulheres? Quer ler mais conteúdo relevante antes de colocar o carro na estrada? Navegue um pouquinho mais aqui no blog da Ford Dimas, temos muitas leituras para você.