Categoria

Contato

Olá, então, curtiu nosso conteúdo? Tem uma sugestão para nos dar? Quer fazer um elogio à nossa equipe ou simplismente deseja entrar em contato com a gente? Fique a vontade.






    Mensagem enviada com sucesso!

    • SHARE

    Por Marketing

    Copiloto

    Por que você não deve usar o celular ao volante5 min read

    Tempo Icone
    Tempo de leitura - 04:58

    Você sabia que o uso de celular ao volante é considerado a principal causa de acidentes automobilísticos no Brasil, chegando a superar até mesmo a mistura de bebida alcoólica e direção? Infelizmente, a tendência é que essa realidade se torne cada vez mais frequente, pois de acordo com um levantamento realizado pelo Denatram, em um ano, o número de motoristas multados por usar celular ao dirigir dobrou.

    Por isso, neste artigo, mostraremos os principais riscos de se utilizar o aparelho celular ao volante e quais medidas podem ser adotadas para evitar essa prática tão perigosa. Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura!

     

    Quais os riscos do uso de celular ao volante?

    Apesar de ser uma lei federal popularmente conhecida, poucos motoristas a respeitam. Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, conduzir o automóvel utilizando fones de ouvido conectados a dispositivos sonoros, ou com um aparelho celular, é considerado infração de trânsito média. Condutores pegos nessa situação estão sujeitos a multa de R$ 85,13 e ganham 4 pontos na carteira.

    Por mais inofensiva que pareça no trânsito, uma mensagem de texto faz o usuário desviar o olhar por tempo suficiente para causar graves acidentes. Um estudo realizado pela CESVI mostrou que os motoristas chegam a ficar até 4.5 segundos sem atentar ao trânsito quando param para checar alguma notificação ou interagir em uma rede social.

    Para que você tenha uma ideia do risco, tirar os olhos da estrada por esse tempo, a uma velocidade de 80 km/h, equivale a dirigir toda a extensão de um campo de futebol com os olhos fechados.

    Resumindo, usar o celular ao volante pode gerar infrações de trânsito e colocar a sua vida e a de outras pessoas em risco. Portanto, mantenha o smartphone longe das mãos e os olhos na pista enquanto dirige.

     

    celular ao volante: Campanha de conscientização da Dimas Automóveis

    Campanha de conscientização da Dimas Automóveis

     

    Quais práticas adotar para evitar o uso de celular ao dirigir?

    Agora que você conhece os riscos de usar o celular ao volante, apresentaremos algumas dicas úteis sobre o que fazer para evitar esse perigoso hábito.

    Utilize um sistema de sincronização multimídia

    A Ford desenvolveu o SYNC®, um sistema que permite ao usuário utilizar comandos de voz para fazer chamadas, selecionar aplicativos (Ford AppLink), escutar músicas e muito mais. Essa tecnologia garante mais segurança ao dirigir, pois ajuda o motorista a manter os seus olhos na estrada e as mãos no volante.

    A ideia é proporcionar uma interação intuitiva com o automóvel. Para isso, o dispositivo também possui uma tela touchscreen de alta resolução que permite o controle de funções de climatização, entretenimento e navegador GPS, com mapas em português.

    Não grave ou fotografe enquanto estiver dirigindo

    Se você é quem está dirigindo, jamais fotografe ou grave vídeos. Essa prática pode afetar significativamente a atenção e os reflexos, reduzindo sua capacidade de atenção e elevando os riscos de que você se envolva em um acidente.

    Confira as mensagens antes e depois de dirigir

    Deixe para checar as mensagens e notificações do smartphone somente quando não estiver ao volante, ou seja, antes de sair ou após o término da viagem, quando você chega ao seu destino.

    Guarde o aparelho em um local seguro

    Evite deixar o celular entre as pernas enquanto estiver conduzindo o veículo, pois isso pode reduzir a sua mobilidade e até mesmo gerar distrações, caso o dispositivo receba notificações. Sugestão: guarde-o no porta-luvas ou em compartimentos do carro.

    Preocupe-se com a vida alheia

    O uso de celular ao volante coloca em risco não apenas a sua vida, mas também a de todos que estão ao seu redor. Sendo assim, deixe o aparelho longe das mãos enquanto estiver no trânsito.

     

    Como você pode conferir, usar o celular ao dirigir viola as leis de trânsito, gera multas e coloca a sua vida e a de outras pessoas em risco. Além disso, mostramos como alguns hábitos simples e as novas tecnologias podem evitar a utilização do smartphone durante a condução do veículo.

     

    Ford Dimas realiza campanha de conscientização sobre o uso de celular ao volante

    “No trânsito, o sentido é a vida” é o mote do Movimento Maio Amarelo, projeto internacional de conscientização para redução de acidentes de trânsito, para 2019. Nós da Ford Dimas acreditamos nessa causa e entendemos a importância do nosso papel em incentivar atitudes que possam melhorar a segurança viária da cidade. Neste mês de maio, além de produzir conteúdos especiais sobre o tema, a fim de estimular a todos os condutores, pedestres e passageiros a optarem por um trânsito mais seguro, nós também realizamos uma ação de conscientização em frente à nossa loja de Campinas. Nosso foco foi impactar as pessoas que passassem pelo local e fazê-las refletir sobre como o uso do celular pode influenciar negativamente no trânsito.

     

    ford dimas celular ao volante

    Campanha da Ford Dimas sobre o uso de celular ao voltante em apoio ao Movimento Maio Amarelo

     

    A repercussão da nossa campanha nos levou a sair em alguns dos principais portais de comunicação da região.

    Leia: Campanha expõe carro acidentado para alertar sobre risco de digitar enquanto dirige
    Leia: Risco de usar o celular enquanto dirige é alvo de alerta durante o Maio Amarelo
    Leia: Campanha alerta para risco de digitar enquanto dirige

     

    Gostou do nosso artigo sobre por que não usar celular ao volante e quais práticas aderir para evitar essa prática? Quer se aprofundar ainda mais no assunto? Confira outro post da Ford Dimas com mais dicas sobre segurança no trânsito.