• SHARE

Por Marketing

Copiloto

Recém-habilitado com medo de dirigir? Confira 5 dicas para superá-lo!4 min read

Tempo Icone
Tempo de leitura - 03:55

O momento após a prova de direção é de euforia. Aparentemente, a parte mais difícil do processo passou e o novo motorista está pronto para desbravar as estradas. Mas não é fácil para todos. Alguns logo percebem que têm medo de dirigir, o que pode atrapalhar a tão sonhada liberdade atrás do volante.

A situação é mais comum do que muitos imaginam e tranca a vida do recém-habilitado. Quer conferir algumas dicas para perder o medo e começar a aproveitar sua carteira de motorista? O guia abaixo pode ajudar!

 

 

Como resolver o medo de dirigir

Cada pessoa tem suas próprias limitações e tempo para se entregar a uma atividade. Dirigir pode parecer simples, mas muitos riscos estão envolvidos. Só de pensar no valor de um conserto no veículo, algumas pessoas já tremem atrás do volante. Para recém-habilitados, a pressão é bem pior.

Mesmo assim, deixar de dirigir não deve ser uma opção. Pense em todo o trabalho que teve para conseguir sua habilitação. Será que vale a pena desistir depois de tudo?

1. Treinar em lugares calmos

Quem está tentando desenvolver uma nova habilidade precisa treinar e, para dirigir, não é diferente. Sabe aquele seu amigo que parece um piloto de Fórmula-1 por ser um excelente motorista? Ele não é bom porque nasceu sabendo ou teve sorte, mas sim porque seu gosto pela direção o fez treinar muito.

Escolha lugares calmos e conhecidos para fazer seus treinos. Não precisa ser muito tempo. Quinze minutos atrás do volante dando algumas voltinhas é o suficiente para te deixar mais confiante aos poucos.

2. Treinar com o veículo parado

Seu medo de dirigir talvez venha da insegurança de fazer certos movimentos, como trocar de marchas. Se esse for o caso, a solução perfeita é treinar com o carro parado na garagem mesmo. Repita as manobras que considera difíceis, várias vezes, até ter certeza de que não errará quando estiver ao volante.

A prática leva à perfeição. Não treine apenas um dia, mas sempre que puder. Lembre-se que dirigir exige muita atenção. É importante aproveitar esses momentos em que pode prestar atenção nos detalhes para se aperfeiçoar.

3. Pedir ajuda para um motorista experiente

Quando estava aprendendo a dirigir na autoescola, você nunca estava sozinho. Por isso, o ato de dirigir era mais fácil naquela época. Ter uma pessoa experiente por perto traz segurança e a certeza de que, se algo der errado, vocês conseguem encontrar a solução.

Um dos momentos mais recomendados para pedir companhia de alguém mais experiente é quando você for dar as primeiras voltinhas. Essa pessoa deve estar com você durante todos os treinos para dar dicas e te ajudar nas dificuldades.

Tenha cuidado na escolha do seu orientador. Alguns amigos e até parentes não têm muita paciência para explicar e podem te deixar com mais medo de dirigir o carro.

4. Contratar ajuda profissional

Todos na sua família são impacientes demais para te ensinar? Seus amigos estão muito ocupados e não conseguem dar algumas voltinhas para treinar com você? Fique tranquilo, existem profissionais especializados em trabalhar o medo de dirigir.

O instrutor especializado possui anos de carteira de motorista e muito tempo de experiência lecionando. Ele conseguirá identificar seus principais problemas e te ajudará a solucioná-los de uma forma prática. Não se engane, as aulas para habilitados que têm medo de dirigir carro são bem diferentes da autoescola.

Alguns serviços especializados, inclusive, contam com auxílio psicológico e terapia em grupo. Você pode não perceber, mas é comum que travas mentais impeçam recém-habilitados de dirigir com confiança e só um especialista conhece os caminhos para superá-las.

5. Dirigir fora dos horários de pico

Durante os primeiros meses de habilitação, o ideal é evitar os horários de pico. Mesmo quem mora em bairros calmos deve dar preferência para o transporte público, uma carona ou o bom e velho táxi na hora de se locomover.

Momentos de pico concentram a maior quantidade de veículos na rua e as chances de um acidente ou problema aumentam. Para quem tem medo ou ansiedade, é uma hora que causa ainda mais pressão.

6. Dê passos pequenos

Há quanto tempo você tirou sua habilitação? Um mês? Calma, ainda falta muito para que você se torne um piloto de corrida e não há problema nenhum nisso. Respeite seu próprio tempo de aprendizado e dê passos pequenos, mas seguros.

Lembre-se que o veículo pode ser uma ferramenta muito útil, que facilita sua vida, mas também pode trazer problemas se for mal utilizado. Progrida aos poucos, começando pelo seu bairro, depois, indo até o centro da cidade e, logo, você estará na estrada para faculdade. É tudo questão de paciência e muita prática.