• SHARE

Por Marketing

Ford

História do Mustang: conheça curiosidades sobre o indomável4 min read

Tempo Icone
Tempo de leitura - 03:32

Em toda sua história o Mustang foi considerado um clássico e o sonho de consumo de muitas gerações. O carro foi evoluindo ao longo dos tempos e, assim como na década de 1960 e 1970, permanece sendo bastante cobiçado.

O Ford Mustang faz sucesso até mesmo no cinema. Ele, inclusive, foi estrela em dois filmes do lendário agente secreto, James Bond, e em muitos outras longas. Por isso, adoramos o Mustang e consideramos que sua história precisa ser eternizada.

Você também é um amante do modelo e sempre quer conferir novidades e curiosidades sobre a história do Mustang? Confira alguns testes e detalhes do carro que nunca chegaram a ser fabricados, mas que são incrivelmente legais!

 

história do mustang

 

Início da história do Mustang – 1961 a 1964

Em 1961, surgiram os primeiros protótipos do que viria a se transformar no Ford Mustang. O modelo recebeu, inicialmente, o nome de Aventura e, mais tarde, de Allegro, no entanto, não teve aprovação da montadora. O caro tinha 2 lugares e não dava a ninguém a certeza que seria um sucesso.

Um ano passou e a história do Mustang continuou a ganhar forma. O novo protótipo era mais parecido com o modelo final que seria lançado. Ele foi criado por Gene Bordinat e sua equipe.

Bordinat foi um grande engenheiro da Ford e criava designs que poderiam conquistar o consumidor em um instante. Ele também foi responsável por outros modelos marcantes da Ford, como o Courgar e o Continantal MkII.

Em 1963, surge o mais recente protótipo do que seria o Mustang. Dessa vez, o design era feito em argila e bastante similar ao modelo lançado mais tarde. No entanto, a dianteira ainda possuía o desenho de um puma em vez do icônico cavalo.

1964 marcou o ano de lançamento do modelo definitivo do Mustang. O carro lançado no mercado tinha 4 lugares, mas a Ford chegou a cogitar o lançamento de uma versão com dois lugares. O objetivo era concorrer com modelos europeus, como o Jaguar.

Renovações no Mustang – 1965 a 1971

O lançamento do Mustang foi um sucesso absoluto. Em pouquíssimo tempo, o carro se transformou em uma sensação entre o público americano e, no mesmo ano, estreou no filme 007 contra Goldfinger (1964). A ideia de lançar um carro compacto, com visual minimalista e linhas esportivas tinha dado resultado.

Por isso, a Ford resolveu investir em inúmeras renovações no carro para que ele permanecesse um destaque no mercado. Algumas das ideias não chegaram a ir para as ruas, como uma versão com quatro portas desenvolvida em 1965.

A montadora também pensou em redesenhar o Mustang para que ficasse mais parecido com os esportivos europeus. Em 1966, surgiu um design com duas portas, que também tinha carroceria no estilo “shooting brake”, outra versão não aprovada.

Outro estilo do Mustang também foi apresentado no

Em 1966, um estilo diferente do Mustang foi apresentado no Salão do Automóvel. O Mach I Concept possuía um design mais moderno e deveria ser uma atualização no automóvel que já era uma sensação. No entanto, as alterações não colaram e somente parte de suas linhas permaneceram no Mustang II.

Em 1971 a Ford desejava alterar completamente a história do Mustang redesenhando o design. O primeiro modelo desenhado naquele ano em nada se parecia com o carro original, somente o emblema do cavalo na grade dianteira indicava que, apesar de muito diferente, ainda era um Mustang.

No mesmo ano, surgiu outra proposta para suceder o emblemático Ford Mustang. A silhueta do modelo era bastante diferente, mas os faróis separados por grade com o logo do cavalo permanecia, marcando um retorno à identidade original. A última tentativa fracassada de renovar o carro foi em 1971 pelas mãos de designers italianos.

Nova geração do Ford Mustang

A história do Ford Mustang só continuaria em 1973, quando uma nova geração do carro foi introduzida ao mercado. Na época, o carro foi lançado nas versões duas portas e cupê e concorreu com modelos, como o Toyota Celica e o Ford Capri.

O Mustang passou por mais e mais renovações, atualizando, cada vez mais, as linhas originais e se transformando em um modelo moderno e esportivo. Atualmente, o Mustang está na 6ª geração e continua um excelente esportivo que os amantes de carros não deixaram de admirar.