• SHARE

Por Beatriz Rocha

Dimas

Design escandinavo: Funcionalidade e elegância5 min read

Tempo Icone
Tempo de leitura - 03:02

O design escandinavo caracteriza-se principalmente pela estética elegante e minimalista que não abre mão da funcionalidade.

Minimalismo, conforto e praticidade

O padrão estético do design escandinavo surgiu no século XX, na região da Escandinávia – que é composta por cinco países do norte europeu: Finlândia, Suécia, Islândia, Dinamarca e Noruega. Fundamentado na funcionalidade, o design escandinavo sempre teve como foco criar ambientes com praticidade e elegância, mas sem deixar de lado o conforto.

Por conta das condições difíceis do ambiente natural daquela região, frio intenso e dias mais escuros na maior parte do ano, o design escandinavo foi pensado para valorizar a luminosidade e os aspectos naturais que trazem sensação de conforto e de bem-estar. Assim, cores neutras, uso de materiais diferenciados e estética que remeta a elementos naturais estão muito presentes.

Levando a sério a ideia de que não é preciso muita coisa para ser interessante, o padrão escandinavo aposta em uma na estética clean, com poucos, mas significativos objetos, que trazem aconchego e conforto aos ambientes. Linhas retas e bem marcadas também são características desse estilo.

Outro ponto interessante é o uso de cores contrastantes. Se, por um lado, os ambientes são muito cleans e em tons claros, por outro, são usados pontos de cores vivas como azul, rosa e tons terrosos, que conferem mais harmonia à decoração.

O design escandinavo na Volvo

Nos carros da marca sueca, o design escandinavo é levado como essência em todos os produtos. A elegância das linhas, o conforto e a praticidade tecnológica que os carros oferecem seguem à risca o estilo escandinavo. Sendo leal aos princípios do minimalismo característico do padrão, a marca defende: “Na Volvo, tudo está lá por um motivo”.

Design minimalista, confortável e funcional

É possível identificar, nos modelos da marca, um padrão estético limpo e elegante, com traços bem demarcados que, além de trazerem sofisticação, foram aplicados pensando principalmente no seu lado funcional, com foco na aerodinâmica e no desempenho.

O mesmo se vê no interior dos carros, onde, assim como ditam os princípios do design escandinavo, o objetivo final é proporcionar um ambiente de conforto e de funcionalidade.

O uso da luminosidade natural dos tetos panorâmicos e a decoração retroiluminada translúcida do C40, por exemplo, ajudam a criar um ambiente com luz suave.

Elementos que remetem a aspectos naturais e que contribuem para a sensação de conforto são empregados no interior de alguns modelos, como na decoração do painel com detalhes inspirados em madeira do XC60, e na decoração inspirada na topografia dos Alpes Escandinavos do C40; e também por meio dos estofamentos sem couro, produzidos com uma mescla de lã (XC60), que deixam o interior do veículo mais aconchegante.

Em questão de funcionalidade e praticidade, na Volvo, estão presentes itens de tecnologia de ponta, que ajudam a dar mais segurança a motoristas, passageiros e a quem está fora do veículo, e tornam o ato de dirigir mais fácil no dia a dia, como sistema Google nativo e o carregamento por indução, por exemplo.

Plus: design escandinavo na comunicação da marca Volvo

Vale comentar, ainda, que a comunicação da marca, principalmente no meio digital, também segue o estilo escandinavo. Utilizando paletas de cores neutras, tons pastéis e pontos marcantes de contraste, a marca traz sempre uma estética clean em sua comunicação. Seguindo a ideia da simplicidade e do minimalismo, o material editorial e as plataformas da Volvo têm design flat, com muitas linhas retas.