Categoria

Contato

Olá, então, curtiu nosso conteúdo? Tem uma sugestão para nos dar? Quer fazer um elogio à nossa equipe ou simplismente deseja entrar em contato com a gente? Fique a vontade.






    Mensagem enviada com sucesso!

    • SHARE

    Por Marketing

    Finanças

    Mito ou verdade? Esclareça suas dúvidas sobre a compra de veículos4 min read

    Tempo Icone
    Tempo de leitura - 04:01

    Quem nunca ouviu falar dos famosos golpes em compras pela internet? Muita gente pensa que eles só acontecem em compras completamente online e quando as partes envolvidas nem se encontram pessoalmente. Na realidade, golpes são comuns em qualquer compra, inclusive de carros. De acordo com o Correio Brasiliense, pelo menos 200 pessoas caíram em golpes ao comprar automóveis nos últimos dois anos. Por acaso você também tem dúvidas sobre a compra de veículos?

     

    Então, está no momento de superá-las para evitar os golpes ou fazer compras decepcionantes. Confira, nesse conteúdo, os principais mitos e verdades para que você consiga seu carro dos sonhos sem maiores problemas!

    Comece a tirar dúvidas sobre a compra de veículos

    Na hora da compra ou venda, as dúvidas sobre a compra de veículos surgem aos montes. São tantas fontes de informação que é difícil saber em quem confiar. Seu pai te fala para comprar um carro branco porque será mais fácil de vender.

    O grupo do Whatsapp avisa que você deve comprar no final do mês. Seus amigos acham que você deve esquecer a concessionária.

    Qual é a realidade? É o que você vai descobrir nos itens abaixo que desvendam os principais mitos e verdades da compra de carros.

     

    dúvidas sobre a compra de veículos

    Fonte: Pixabay

     

    1. Algumas cores são mais fáceis de vender

    É verdade. Cores, como branco, preto e prata são mais comuns porque existe maior demanda do mercado. Por serem cores genéricas e bastante neutras, mais pessoas dão preferência a elas.

     

    Você com certeza conhece alguém que nunca teria um carro vermelho. Mas essa mesma pessoa aceitaria um veículo prata sem problemas, assim como a maior parte dos outros brasileiros. Então, realmente, é mais fácil encontrar compradores para seu veículo se ele tiver um desses tons.

    2. Quilometragem influencia no valor

    Em geral, é verdade. Veículos com menos quilometragem são mais valorizados no mercado de seminovos e conseguem preços mais altos. Mas quem tem dúvidas sobre a compra de veículos não pode considerar somente a quantidade de quilômetros rodados.

     

    Você precisa entender por que esse veículo possui uma quilometragem baixa e qual é seu estado de conservação. O motorista pode, por exemplo, ter deixado o carro parado e sem manutenções preventivas por muito tempo.

    3. Final do mês é um bom momento para comprar e vender

    É um grande mito. A ideia se espalhou pela internet considerando a rotina dos vendedores. Alguns imaginavam que esses profissionais tentavam aumentar suas vendas por meio de qualquer técnica no fim do mês. Assim, o comprador conseguiria negócios mais vantajosos, incluindo melhores descontos e condições de pagamento.

     

    Na realidade, existem muitos fatores que influenciam nas condições de negociação de um vendedor de veículos. Então, não adianta tentar comprar somente no fim do mês atrás de preços vantajosos.

    4. Concessionárias fazem perder dinheiro

    Uma de suas dúvidas sobre a compra de veículos é se deve fazer isso com a ajuda de uma concessionária? A ideia de que concessionárias encontram piores negócios é um mito. Quem acredita que elas desvalorizam o veículo não sabe negociar. A realidade é que esses vendedores estão preparados para oferecer negócios tão bons quanto outras lojas.

     

    Além disso, por ser uma empresa com maior estabilidade, a concessionária consegue oferecer melhores opções de pagamento e financiamento. Em muitos casos, podem apresentar descontos na compra ou na troca de um veículo que valem muito a pena.

    5. Comprar seminovos com mais de 2 anos é melhor

    Verdade. Seminovos são uma excelente opção para quem está de olho em um modelo recente de carro, mas não gostaria de fazer o investimento em um carro zero. No entanto, existe um momento mais adequado para comprá-lo: depois de dois anos do seu lançamento.

     

    É nesse período que acontece a maior depreciação do veículo. Portanto, quem compra um seminovo com menos de dois anos e precisa vender ou trocar, depois desse período, perde mais dinheiro. O melhor é investir em carros com dois anos ou mais, que ainda mantêm a garantia de fábrica e apresentam um preço mais acessível.

    6. Você não pode comprar carros para pessoas com deficiência

    A ideia de que veículos para PCD (pessoas com deficiência) são exclusivos desse público é mito. Depois de quatro anos o dono do veículo pode vendê-lo a qualquer um. A única diferença é que o novo dono perde o direito às isenções de impostos desses carros.

    Conseguiu tirar as principais dúvidas sobre a compra de veículos? Então, está na hora de fazer uma excelente compra e começar a aproveitar seu carro novo!