• SHARE

Por Marketing

Copiloto

Carros automáticos: 7 erros para você evitar4 min read

Tempo Icone
Tempo de leitura - 03:27

Dirigir um carro automático pode ser mais fácil do que os modelos com câmbio manual. A questão é que, justamente por causa da facilidade, alguns motoristas acabam deixando cuidados importantes de lado. Resultado? O tempo de vida útil do veículo diminui e o carro começa a apresentar problemas no desempenho. Neste post, selecionamos os principais erros em carros automáticos para você evitar no dia a dia. Siga a leitura.

Carros automáticos: 7 erros para você evitar

#1 – Deixar de olhar o lubrificante da transmissão

No manual do veículo, você encontra a recomendação do fabricante para a troca do óleo. Em média, o prazo é de 30 mil km, se o produto é mineral, e 50 mil km, no caso dos lubrificantes sintéticos.

Também é importante acompanhar se houve mudanças ao longo do tempo. Se o líquido engrossar, se o automóvel perder rendimento, ou tremer nas arrancadas, sinal de que a troca precisa ser antecipada.

Ao perceber um desses problemas, agilize a troca, pois o sistema pode superaquecer e falhar.

#2 – Alternar a marcha 3 para D

Outro erro em carros automáticos acontece na troca das marchas, por exemplo, quando alguns motoristas alternam da posição D (drive) diretamente para 3 e vice-versa. 

Esse hábito é mais comum em estradas com muitas elevações e descidas, mas é uma troca que pode causar problemas na transmissão.

Em um carro com câmbio automático, a velocidade sempre deve ser compatível com a marcha. Naqueles com controle eletrônico, é possível impedir o uso errado das marchas, porém, nem todos possuem este recurso. 

Fica a dica: não engate a posição 3 – nem as demais – sem necessidade.

#3 – Trocar de marcha nas paradas em semáforos

Alguns motoristas, no intuito de economizar, passam para a posição N nos semáforos, mais um erro em carros automáticos.

Deixar a marcha na posição D durante paradas, é o certo e o mais econômico. Além disso, também ajuda a estabilizar a temperatura da caixa. 

A economia é pequena, mas muito bem-vinda, especialmente no trânsito das grandes cidades.#4 – Subir ladeiras na posição D

Também é um erro em carros automáticos subir ladeiras na posição D. Se no seu trajeto existem muitas ladeiras, o ideal é usar as marchas 1 ou L, que vem em alguns carros. Estas duas são indicadas nas situações mais críticas, evitando desgaste desnecessário e estendendo o tempo de vida útil do câmbio.

#5 – Rodar com pouco combustível no tanque de carros automáticos: grande erro

Assim como nos carros de câmbio manual, essa também é uma prática dos carros automáticos. A maioria das pessoas faz achando que está economizando, mas é um equívoco, pois carro precisa de uma quantidade razoável de combustível para funcionar corretamente. 

O combustível também ajuda a manter diferentes partes lubrificadas. Se você anda o tempo todo com o carro na reserva, é certo que o desgaste será bem mais rápido.

#6 – Confundir o freio com o pedal de embreagem

Motoristas que dirigiram à vida inteira os veículos com câmbio manual podem cometer esse erro facilmente no câmbio automático

Se você começou a pilotar um automático há pouco tempo, atenção: o freio não é a embreagem, ela ficou no passado!

Essa confusão pode até não prejudicar o sistema de transmissão, mas tem impacto sobre os freios, então, evite cometer o erro.

#7 – Sair de D ou R com o carro em movimento

Taí um erro em carro automático que pode pesar bastante no bolso, então já sabe: não troque a marcha da posição D ou R para N ou P antes de parar o veículo.

A transmissão é usada para desacelerar o carro, não os freios. Se você repetir essa troca errada muitas vezes, vai causar danos irreversíveis ao sistema de câmbio.

Nos modelos mais novos, é impossível passar para a P com o carro em movimento, pois um sensor impede esta ação para evitar problemas e quebra na transmissão. Em outros casos, recomenda-se prudência e que sejam seguidas as orientações do manual.

Este são os principais erros em carros automáticos e devem ser evitados para preservar a melhor condição desse tipo de veículo.

Agora, chegou a hora de saber se você está cuidando direitinho do seu carro. Teste e descubra o quanto você está sendo um bom dono para o seu veículo no nosso Quiz da Manutenção.