• SHARE

Por Marketing

Oficina

Fluido de freio nem sempre é igual: entenda as diferenças!4 min read

Tempo Icone
Tempo de leitura - 03:57

A troca do nível de fluido de freio é um procedimento simples e que, muitas vezes, é esquecida pelos motoristas. Esse é um grande erro, pois o fluido desempenha uma ação primordial na desaceleração do carro e precisa ser substituído de tempos em tempos. Quando o produto está vencido, ou abaixo do nível recomendado, os motoristas começam a enfrentar problemas na frenagem. 

Para ajudar a evitar riscos e acidentes no trânsito, vamos explicar a função do fluido de freio do carro, mostrar a importância da manutenção nesse componente e a diferença entre os produtos disponíveis no mercado. Boa leitura!

 

Qual a função do fluido de freio

 

fluido de freio

 

O fluido de freio transmite a pressão feita no pedal quando você quer desacelerar o carro e exerce ação nas quatro rodas. Para isso, mangueiras estão conectadas ao cilindro mestre e bombeiam o líquido para as lonas e pastilhas de freio. É um sistema fechado, portanto, o normal é que o líquido retorne para o cilindro mestre e seja utilizado novamente, com o mínimo desgaste e perda de volume.

 

A importância da manutenção

Quando não são trocados na quilometragem e período recomendados pela montadora, o fluido começa a absorver umidade em um processo natural e isso leva a falhas nos freios do carro.

Esse fenômeno deve ser monitorado com frequência e é o principal fator a ser analisado no momento da troca. Líquidos que apresentam alta concentração de umidade podem causar uma redução de até 30% na eficiência da frenagem, um sério risco à segurança do condutor e seus passageiros.

Para evitar a umidade, um dos cuidados com o veículo que você precisa ter é fazer a troca integral do fluido e não somente completar o nível.

 

Nível do óleo

Quando o reservatório do fluído está bem abaixo do nível, ATENÇÃO, algo está muito errado. Lembre-se: o sistema de freio é fechado, então, é provável que haja vazamento. Na reparação, o fluido de freio atual deve ser totalmente retirado e substituído. Diversas peças com defeito podem ocasionar a perda do líquido, como mangueiras, canos,  cilindros e as conexões. Normalmente, o vazamento aparece próximo às rodas. 

Nessa situação, é normal que uma luz acenda no painel – quase sempre a mesma do freio de mão. Você pode testar acionando a alavanca e, depois baixá-la. Se a luz continuar acesa ou piscar, é provável que o nível de fluido de freio do carro esteja abaixo do recomendado.

 

Prazos de troca

Além de observar o nível do reservatório, fique atento ao prazo para a troca. Assim como outros componentes do carro, o fluído de freio precisa ser substituído conforme a recomendação do fabricante. O tempo varia, podendo ser a partir de 10 mil km rodados, ou depois de dois anos de uso.

 

Diferenças entre os tipos e DOT’s

Na hora de escolher um novo fluido de freio, o ideal é seguir o manual do fabricante, onde é informada a composição de cada sistema. Não arrisque! Use somente produtos certificados pelo INMETRO, dentro das especificações e normas.

 

Fluidos de freio são divididos em quatro categorias pelo Departamento de Transporte dos Estados Unidos da América (Department of Transportation), que deu origem a sigla DOT. Os fluidos se diferenciam por duas características: ponto de ebulição e compressibilidade. Veja a seguir!

 

DOT 3

Esse fluido de freio serve para o sistema hidráulico de freios e embreagens com uso moderado, como os veículos de linha leve para uso comum.

 

DOT 4

O DOT 4 foi desenvolvido para o sistema hidráulico de freios e embreagens de alguns automóveis de linha leve, pesados e importados, além de caminhões, ônibus, pick-ups e tratores.

 

DOT 5 e DOT 5.1

Esses têm destaque nas situações de altas temperaturas e maior fluidez, ou seja, perfeitos para entregar alta performance.

 

Diferença entre DOT 5 e DOT 5.1

Eles são bem parecidos, mas há uma difença: a linha DOT 5.1 tem formulação com base em glicóis, enquanto os DOT 5 são à base de silicone, o que garante mais resistência à umidade. Os DOT 5 são mais indicados para carros que operam com o sistema ABS, onde se exige mais eficiência e performance na frenagem.

 

Entendeu a diferença entre os tipos de fluido de freio dos carros? Respeite os prazos para revisão e os cuidados essenciais com o seu veículo é fundamental. Acesse o Quiz da Manutenção e reflita se tudo está em perfeito estado no seu carro.Até a próxima!