• SHARE

Por Marketing

Oficina

Lubrificante e óleo: entenda a necessidade desses cuidados com o seu carro4 min read

Tempo Icone
Tempo de leitura - 04:03

Usar o lubrificante e óleo para carro é fundamental em diversos aspectos, como a durabilidade das peças do motor, o aumento do ciclo de tempo para uma nova troca de óleo, a economia de combustível e até a redução da emissão de gases poluentes.

Diante de tantos benefícios, resta uma opção: utilizar sempre o produto indicado para o seu carro, pois ele passou por testes e teve a eficácia comprovada. O óleo para o seu carro atua como o motor precisa, fazendo funcionar perfeitamente e por mais tempo.

A seguir, vamos falar mais sobre o lubrificante e óleo para carro. Siga a leitura e cuide ainda mais do seu veículo.

 

Como escolher o lubrificante e óleo para carro

 

Agora que você sabe a importância do lubrificante e óleo para carro, deve estar se perguntando: qual produto usar no meu automóvel? A resposta pode ser facilmente encontrada!

Basta que você pesquise no manual do proprietário. Lá você encontra o óleo lubrificante ideal e tudo que precisa para manter o veículo em perfeito funcionamento pelo maior tempo possível.

 

 

 Se, por outro lado, você desrespeitar a recomendação do fabricante, está assumindo riscos. Vamos trazer mais detalhes nos tópicos seguintes.

 

Desempenho do motor

Uma das principais funções do óleo lubrificante é garantir o pleno funcionamento do motor. O produto certo confere o melhor desempenho, pois no desenvolvimento de um novo modelo, a mecânica do motor também é testada. Dessa forma, o lubrificante com as características ideais e que contribui para a performance de cada veículo é definido.

 

A correta lubrificação

Sem o lubrificante e óleo para carro o motor não estará em dia. Cada produto tem suas especificidades de lubrificação e viscosidade, afinal, existem diferentes motores, não é mesmo?

Respeitar a indicação em relação ao tipo e a viscosidade do óleo é uma prática que garante o desempenho e protege o motor.

Nas partidas a frio, o produto correto também protege as partes móveis, reduzindo o desgaste. Em alta rotação, refrigera o motor e mantém a performance.

 

Durabilidade das peças

Ao longo do tempo, algumas peças começam a apresentar desgaste. As manutenções preventivas podem detectar essa necessidade e fazer o que é certo ajuda a conservar boa parte das peças.

Mais uma vez fica evidente a importância de usar o lubrificante e óleo para carro, conforme a indicação da montadora, pois o produto certo diminuirá o desgaste das peças e aumentará a vida útil do motor. 

O óleo certo aumenta a durabilidade do motor, porque ele não precisa fazer mais esforço do que o normal e lubrifica todas as partes com qualidade, evitando também a formação de borras.

 

Sinônimo de economia

Se você usar o lubrificante ideal, as peças sofrem menos desgaste, duram mais e os custos reduzem. Como o produto certo faz o motor do carro funcionar, perfeitamente, isso também reflete em economia para o proprietário.

 

No dia a dia, serão reduzidos os custos com manutenção, combustível e você não fará uma troca de óleo desnecessária. O óleo lubrificante adequado dura mais tempo, porque tem a viscosidade ideal para as temperaturas do motor do seu carro.

 

A diferença entre produtos

 

 

Cada lubrificante e óleo para carro possui 

seu conjunto de características. Nos testes, as montadoras identificam quais produtos têm qualidade e propiciam a melhor performance do motor. No geral, existem três tipos de óleo: 

  • mineral,
  • sintético,
  • semissintético.

Classificação API

Outra forma de distinguir um lubrificante e óleo para carro é a classificação API. A sigla, em inglês, significa American Petroleum Institute, entidade que determina os requisitos de desempenho dos lubrificantes para carro.

A API faz uma divisão em dois grupos. O primeiro para motores pesados e a diesel. O segundo para motores leves, abastecidos com  gasolina e álcool. 

A classificação API está na embalagem do lubrificante. A letra C indica que o produto serve para motores pesados e a letra S para motores leves.

Nessa classificação, existe uma segunda letra, que diz respeito à agressividade do lubrificante. Quanto mais longe no alfabeto está a letra, mais robusto o óleo. Entre CH-4 e CI-4, o segundo é mais robusto, porque vem depois no alfabeto.

Respeitar a indicação do lubrificante e óleo para carro traz somente benefícios, por isso, é um daqueles cuidados com o carro que gera economia. 

Lembre-se de respeitar os prazos de manutenção, quando é identificada a necessidade da troca de óleo e de reparos em peças importantes do veículo.

 

Aproveitou a leitura? Se quer cuidar ainda mais do seu carro, você vai gostar de conhecer nosso guia sobre a manutenção. Até a próxima.