• SHARE

Por Marketing

Oficina

Rodízio de pneus: entenda o que é e como funciona4 min read

Tempo Icone
Tempo de leitura - 03:40

O rodízio é uma forma de prolongar a vida útil dos pneus do carro. Neste post, vamos falar sobre esse procedimento que faz o conjunto durar mais, explicando como funciona o rodízio de pneus e por que ele deve ser feito no carro. Siga a leitura e aprenda um novo cuidado importante com seu veículo.

 

Como funciona o rodízio de pneus

 

 

Nos tempos atuais, veículos médios e compactos possuem tração dianteira. Com isso, adivinha qual o par que se desgasta primeiro? Sim, os da frente. Essa mudança tornou bem comum aquela situação em que os pneus dianteiros estão quase carecas e os traseiros praticamente intactos. Além disso, aumentou a importância do rodízio, procedimento em que os pneus são invertidos entre os eixos para igualar o desgaste entre eles.

Mas os cuidados com os pneus apresentam particularidades. A seguir, vamos passar algumas dicas para você acertar na hora de fazer o rodízio ou substituir pneus.

 

Como fazer a troca com um par de pneus?

 

Alguns motoristas podem esquecer de fazer o rodízio de pneus e o que é pior: não têm como adquirir quatro pneus novos e pegam somente dois. Nesse caso, o pensamento mais óbvio é colocar o par de pneus novos na frente, onde estão os mais desgastados, certo? Errado!

Um mecânico experiente e responsável sabe que ao trocar somente um par de pneus, eles devem ser instalados atrás. Ele deve trabalhar dessa forma, porque se o pneu estoura, por exemplo, o motorista consegue dominar a direção usando o volante. Nos carros com direção hidráulica ou elétrica a manobra é ainda mais fácil. Por outro lado, se o pneu estoura na traseira, a chance de o carro ficar incontrolável é muito maior! 

 

E o estepe?

 

rodízio de pneus

 

Outra dúvida bastante comum é se o estepe pode ser usado no rodízio. A resposta é sim, mas ele deve ser colocado no lugar do pneu que sofreu o menor desgaste. Essa medida evita que, no mesmo eixo do carro, tenha um pneu quase novo de um lado e um desgastado no outro.

E atenção para a data de fabricação do estepe! Os pneus também possuem prazo e, se ficarem muito tempo guardados no porta-malas, ele pode expirar. A validade, geralmente, varia de cinco a seis anos. Neste caso, em vez de comprar apenas três pneus novos, o ideal é comprar o conjunto com cinco: dois para cada eixo e um como estepe.

 

O momento certo para o rodízio de pneus

 

A maioria dos fabricantes recomenda o rodízio de pneus a cada 10 mil Km. Mas pode ser diferente, dependendo do desgaste percebido. Quando o desgaste entre pneus é muito desigual, o rodízio pode ser antecipado.

Por isso, é muito importante que você inspecione a situação dos pneus do carro com frequência. Assim, saberá identificar a necessidade – ou não – de adiantar o procedimento.

Outro cuidado importante é a forma como você dirige e a condição das estradas. Freadas bruscas e passar com o carro em valetas ou estradas cheias de buraco pode trazer consequências ruins para o automóvel.

 

Qual a importância do procedimento?

 

Os procedimentos mais importantes no pneu do carro são o alinhamento e balanceamento, respeitar a calibragem, com o vazio ou mais carregado e seguir a recomendação do rodízio. Por isso, agora que você sabe como fazer o rodízio de pneus, é importante ter em mente por que esse procedimento não pode ser ignorado. 

Além do motivo óbvio – garantir o desgaste uniforme dos pneus –  o rodízio contribui para aumentar o tempo de vida útil deles e evita irregularidades na performance e rendimento. Também é uma questão de segurança para o motorista e seus passageiros que os pneus estejam em perfeito funcionamento. Com o rodízio, é mantida a dirigibilidade e a condição normal de frenagem.

Valoriza economia e cuidados com o carro? O rodízio também reduz seus gastos, porque o investimento em pneus novos vai demorar um pouco mais, afinal, os pneus serão aproveitados ao máximo sem afetar a estabilidade do carro.

 

Gostou da leitura? Além de saber como fazer o rodízio dos pneus do carro, agora, você entende a importância desse procedimento e que precisa ficar atento a condição dos pneus para rodar com segurança. Quer aumentar seus cuidados? Leia o Guia da Manutenção e acesse mais informações sobre mecânica, elétrica e componentes essenciais dos carros.

 

guia da manutenção