• SHARE

Por Marketing

EcoSport

Fique por dentro da linha de evolução do EcoSport, nas diferentes versões4 min read

Tempo Icone
Tempo de leitura - 04:21

O EcoSport é, sem dúvida, um dos queridinhos da linha de veículos da marca Ford, sendo muitas vezes condecorado pelo público com o título de o primeiro SUV compacto do país. E se você é um dos apaixonados por ele, fique ligado no blog Dimas. Neste mês de julho, faremos uma série de posts especiais sobre o veículo e a evolução do EcoSport.

 

No conteúdo de hoje, está em foco a evolução do EcoSport. Numa legítima linha do tempo, vamos destacar os diferenciais das variações surgidas em 16 anos de história de um dos líderes nacionais do segmento de utilitários compactos.

 

Confira: conheça os veículos que marcaram os 100 anos da Ford

 

A evolução do EcoSport começa pelo próprio surgimento

A título de curiosidade, dizem que o Projeto Amazon (nome dado ao desenvolvimento do EcoSport) foi vislumbrado pela primeira vez rabiscos feitos em um guardanapo de papel em 1996. O autor dos desenhos era Luc de Ferran, engenheiro-chefe da montadora.

 

Sete anos depois, nascia no recém-inaugurado Complexo de Camaçari, Bahia, o SUV desenvolvido com a base do Fiesta. Com aspectos que lembravam utilitários, mas com um quê das minivans, o EcoSport foi a grande vedete do Salão do Automóvel de São Paulo em 2002. Isso porque os utilitários esportivos eram muito desejados pelos brasileiros, mas não tinham bons preços, uma equação que a Ford foi capaz de solucionar.

 

Em 2003, ganharam as ruas as versões XL, XLS e XLT, com motores 1.0 Supercharger e 1.6 Zetec RoCam. Alguns dos grandes diferenciais de mercado eram justamente a charmosa tampa traseira com abertura lateral e a posição de dirigir elevada.

 

Evolução do EcoSport: 2003

Evolução do EcoSport: 2003

 

Em 2004, chega o modelo 4WD equipado com tração nas quatro rodas. Nessa versão, os indicadores de combustível e temperatura de motor digitalizados faziam o painel super moderno e prático. Em 2005, outra inovação importante: o modelo 1.6 L do EcoSport foi o primeiro do segmento a oferecer motor FLEX

 

Em 2007, mudanças de design

Três anos depois, foi a hora da primeira diferenciação significativa de design. A versão do EcoSport de 2007/8 veio com a frente reestilizada e novas lanternas com elementos circulares. A parte interna também trouxe mudanças, com novos acabamentos emborrachados e mais isolamento acústico. 

 

O surgimento da versão Freestyle, com uma pegada esportiva, se transformou num grande sucesso de vendas. Essa versão do EcoSport já era equipada com conexão para iPod, USB, auxiliar frontal e Bluetooth para celular, um mix pioneiro no segmento. Bem como foi inovador o aparecimento, no mesmo ano, do modelo automático.

 

2010 preparando a nova geração de 2012

Seguindo a linha da evolução do EcoSport, vamos a 2010, quando a Ford investe no redesenho total do capô e numa nova grade frontal. Foi uma medida que antecipou a nova geração, lançada em 2012, com um desenho mais refinado e atual.

 

O novo EcoSport se diferencia por outro quesito importante, o mix de itens de série. A presença de faróis com LED, controles de estabilidade e tração, ABS, airbag duplo, computador de bordo, sistema de som com comandos de voz e volante multifuncional, na saída de fábrica, foi considerada um salto de conteúdo. No interior do utilitário, a Ford investiu em acabamentos e espaço interno ainda melhores. 

 

Da oferta de um novo portfólio aos dias de hoje

Evolução do EcoSport: 2015

Evolução do EcoSport: 2015

 

 

Um outro salto para a evolução do EcoSport é registrado em 2016. São disponibilizadas ao mercado quatro novas versões 1.6 Powershift, que substituem alguns modelos anteriores. O câmbio automatizado de seis marchas e dupla embreagem deixa, então, de ser restrito às versões 2.0.

 

Foram, introduzidas, ainda, mudanças no motor, para garantir melhor desempenho, garantindo à versão 1.6 Powershift a nota A, do Inmetro, nos testes de consumo de combustível. O conjunto de quesitos de série continuava chamando a atenção por incluir, por exemplo, computador de bordo e rádio com controles no volante e por voz.Evolução do EcoSport: 2018

Evolução do EcoSport: 2018

Em 2017, o EcoSport estreia uma outra dianteira, com nova grade, faróis redesenhados e um interior mais moderno, confortável e luxuoso. Na versão top de linha introduzida em 2018, e batizada de Titanium, a imprensa especializada destaca o painel com ágeis recursos multimídia, a sofisticação interna, a firmeza da carroceria e a boa aerodinâmica.

Evolução do EcoSport: 2020

Evolução do EcoSport: 2020

Chegando a 2020, são quatro versões do EcoSport à disposição dos compradores, duas SE e duas FreeStyle. O modelo de partida já vem com retrovisor externo indicador de direção e tela multimídia touchscreen no painel central. No modelo intermediário, o piloto automático marca o upgrade. Já, as versões Freestyle agregam câmera de ré e sensor de estacionamento, além da  transmissão automática, no modelo top de linha.

 

É muita tecnologia, conforto e qualidade à disposição de quem procura um utilitário.